Aprender Francês com Vídeos #006
Apprendre le Français avec des Vidéos:
Easy French – Les sports

1388
1
SHARE

Bonjour à Toutes et à Tous! Este post faz parte da série “Aprendendo Francês Com Vídeos” que ajuda muito o aprendizado e aperfeiçoamento da língua francesa com recursos áudio-visuais. A memorização acontece de forma automática e sem esforço com estes recursos. É o que eu sempre falo que ver, ouvir e repetir é igual a falar. Simples assim! Portanto, assista o vídeo, veja a legenda, se houver dúvida siga a transcrição e a tradução que já colocamos para vocês se acostumarem com o vocabulário e aprender Francês Fluente de uma forma natural e sem esforço tá bom?! Com os posts Aprendendo Francês com Vídeos, Falar Francês Fluente nunca foi tão fácil! Uma forma de contribuir com os produtores destes vídeos é clicar em “GOSTEI” na reprodução do vídeo. Amusez Vous Bien!!

Flag_of_France.svg

Apprendre le Français avec des Vidéos

Bonjour à tous et bienvenue dans Easy French.
Aujourd’hui nous allons parler du sport.
Bonjour!
– Salut!
Quelle est la place du sport dans votre vie?
C’est, disons 80% de ma vie.
– D’accord, d’accord…
Vous avez fait quels types de sports?
Le football.
– beaucoup de football?

Que du football et j’étais entraîneur.
La place du sport dans ma vie, elle est très grande.
Le sport pour moi c’est un exutoire, c’est une passion.
ça occupe quatre jours sur sept pendant la semaine.
Moi j’essaie de pratique quelques sports de manière à entretenir un peu le physique, etc…
la santé quoi en général.

Donc du vélo, de la natation, je sais pas, du roller, de la randonnée.
Le sport aussi, c’est une rencontre, ça partage avec des gens.
Je fais du sport co, donc, j’en vis.
Enfin non j’en vis pas, mais j’en vis parce que ça me permet de m’épanouir personnellement.
Moi j’ai deux coeurs pour ainsi dire.
– Ah oui?
Oui, parce que je suis infatigable.
– D’accord!

A l’époque on m’appelait “la fourmie infatigable”.
Numéro six, ça veut dire: devant, derrière, devant, derrière.
D’accord!
– Et puis, j’aurais pu faire deux matchs…
ça me dérangeait pas du tout.
Je trouve que c’est super important pour l’équilibre entre les personnes.

Une personne qui fait que du boulot, tôt ou tard elle subira un peu les conséquences.
Que pensez-vous du sport?
Aimez-vous le sport?
J’adore le sport.
J’ai joué au football toute ma vie.
Vous pensez que le sport, c’est important quand même?

Eh, j’ai soixante-treize, est-ce que j’ai l’air d’un petit vieux?
Donc comme quoi le sport, c’est très bon pour la santé – Et oui!
et pour le moral!
– Exactement!
Et vous aimez beaucoup le sport en général?
Oui, j’aime bien, bon je suis pas un professionnel.
J’en fais vraiment qu’en amateur.

Un petit peu de natation, je sais pas, une heure par semaine.
Une petit peu de vélo mais vraimen de façon très limitée quoi.
C’est pas…
Voilà!
Et maintenant, vous ne jouez plus?
Non, maintenant non.
– Vous regrettez?
Oui, je voudrais jouer encore.
– D’accord ok!

Mais j’ai pas de temps parce qu’on doit travailler.
Alors, ce serait pour savoir quelle est la place du sport dans ta vie?
Alors tout d’abord, salut tous les francophones!
Alors, la place du sport dans ma vie.
C’est une question…
C’est une question compliquée quand même.

Faut se trouver du temps pour soi, surtout aujourd’hui.
Dans un monde où on a de plus en plus de stress, le sport est là pour libérer le stress.
Disons que le sport pour moi, ça a juste été un moyen de me sentir mieux dans ma peau.
Voilà!
C’est à dire qu’il y a un moment dans ma vie où j’avais des problèmes physiques, peut-être…

beaucoup de problèmes mentaux et le sport, ça m’as aidé à changer mon physique pour être mieux dans ma tête quoi, finalement.
Voilà un bon Pastaga aussi.
ça c’est pas mal!
D’accord!
Et vous continuez à pratiquer un peu de sport aujourd’hui?
Petit jogging, comme ça!

Bien sûr, je peux pas sprinter.
Je suis pas, je suis pas fou non plus!
On dit souvent un esprit…
“bien dans son corps, bien dans sa tête”.
Tu vois, j’avais besoin de retrouver un corps dont je suis fier pour pouvoir me retrouver bien dans ma tête.
A une certaine époque, voilà!
Mais c’était il y a quelques années.
Maintenant le sport, c’est pas grand chose pour moi quoi!
A l’instant.

ça a une dimension sociale aussi.
Il y a l’aspect compétitif qui forge aussi les personnalités, mais ça ce n’est que mon avis.
Voilà ce que ça représente pour moi le sport!
– Merci!
Mais tu comptes reprendre?
– Ouais, je compte reprendre la musculation dans pas longtemps.
Et voilà, petit à petit.
Je me suis mis à d’autres choses entre temps qui m’ont apporté beaucoup plus.
Voilà!
Comme la guitare?
– Comme la guitare.
Comme la méditation.
Voilà!

– Merci beaucoup!
J’ai fait du sport, un docteur, je sais pas ce que c’est et j’en ai jamais vu.
– D’accord!
Alors!
– Bon, merci beaucoup, c’est parfait!

Moi je fais pas vraiment de sport, mais par exemple, je viens de commencer le skate il y a quelques jours parce que je pense que, même si je m’amuse pas trop dans beaucoup de sports, je pense que c’est important pour la santé.
Parce que voilà, il ne faut pas juste ne pas bouger et être à la maison en train de regarder la télé parce que, enfin je sais pas.

Flag_of_Brazil.svg

Aprender Francês com Vídeos

Olá a todos e bem-vindos ao Francês Fácil.
Hoje vamos falar de esportes.
Olá!
– Oi!
Qual é o lugar do esporte na sua vida?
É, digamos, 80% da minha vida.
– Ok, ok …
Você já fez quais tipos de esportes?
Futebol.
– Muito futebol?

Só futebol e eu era treinador.
O lugar do esporte na minha vida, é muito grande.
Esporte para mim é uma saída, é uma paixão.
que ocupa quatro dias nos sete durante a semana.
Eu tento praticar alguns esportes, a fim de manter um pouco o físico, etc …
A saúde em geral.

Então, ciclismo, natação, eu não sei, patinação, caminhadas.
O esporte também, é um encontro, que se compartilha com as pessoas.
Eu pratico esporte, então eu vivo.
Na verdade não, eu não vivo, mas eu vivo porque me permite desenvolver-me pessoalmente.
Eu tenho dois corações, por assim dizer.
– Realmente?
Sim, porque sou incansável.
– Tudo bem!

Na época, eu era chamado de “a formiga incansável”.
Número seis, que significa: frente, trás, frente, trás.
Ok!
– E então, eu poderia ter feito dois jogos …
isso não me incomodava em nada.
Eu acho que é super importante para o equilíbrio entre as pessoas.

Uma pessoa que só trabalha mais cedo ou mais tarde ele vai sofrer algumas conseqüências.
O que acha de esportes?
Você gosta de esportes?
Eu adoro esportes.
Eu joguei futebol toda a minha vida.
Você acha que o esporte, é importante de qualquer maneira?

Bem, eu tenho setenta e três, e eu pareço um velhinho?
Assim como o esporte é muito bom para a saúde – E sim!
e para a moral!
– Exatamente!
E você realmente gosta de esportes em geral?
Sim, eu gosto, bem, eu não sou um profissional.
Eu faço verdadeiramente como amador.

Um pouco de natação, eu não sei, uma hora por semana.
Um pouco de bicicleta, mas verdadeiramente de maneira muito limitada quê.
Não é …
é isso!
E agora você não joga mais?
Não, agora não.
– Você está arrependido?
Sim, gostaria de jogar ainda.
– Ok ok!

Mas eu não tenho tempo, porque a gente deve trabalhar.
Então, é para saber qual é o lugar de esportes em sua vida?
Então, primeiro de tudo, olá todos os francófonos!
Então, ao invés de esportes em minha vida.
É uma pergunta …
É uma questão complicada de qualquer maneira.
.

Você tem que encontrar tempo para si mesmo, especialmente hoje.
Em um mundo onde tem mais e mais stress, esporte está aí para liberar o estresse.
Digamos que o esporte para mim, foi apenas uma maneira de me sentir melhor sobre mim mesmo. é isso!
Isso quer dizer que em um momento em minha vida onde eu tive problemas físicos, talvez …

muitos problemas mentais e o esporte, que me ajudou a mudar minha aparência para ser melhor na minha cabeça o que, em última instância.
Este é um bom Pastaga também.
isso não é ruim!
Ok!
E você continuar a praticar algum esporte hoje?
Jogging, desse jeito!

Claro, eu não posso correr.
Eu não sou, eu não sou louco também!
A gente diz sempre um espírito …
“corpo saudável, mente saudável”.
Você vê, eu precisava encontrar um corpo que me orgulho de ser capaz de me encontrar na minha cabeça.
Ao mesmo tempo, é isso!
Mas isso foi há alguns anos.
Agora, o esporte não é muito para mim o que!
Nesse instante.

isso tem uma dimensão social também.
Há o aspecto competitivo que também forja as personalidades, mas isso é apenas a minha opinião.
Isso é o que representa para mim o esporte!
– Obrigado!
Mas você vai retomar?
– Sim, eu vou retomar com a musculação em pouco tempo.
É isso, pouco a pouco.
Eu me coloco em outras coisas no meio que me trouxe muito mais.
é isso!
Como a guitarra?
– Como a guitarra.
Como a meditação.
é isso
.

– Muito obrigado!
Eu praticava esportes, um médico, eu sei o que é e eu nunca vi.
– Tudo bem!
Então!
– Bem, obrigado, foi perfeito!

Eu não pratico esportes, mas, por exemplo, eu acabei de começar o Skate há poucos dias, porque eu acho que mesmo se eu não me divirto tanto nos muitos esportes, eu acho que é importante para saúde.
Porque é isso, não basta ficar sem se mexer e estar em casa assistindo TV, porque, finalmente, eu não sei.

Genial não é mesmo?! Este é um tipo de trabalho muito eficiente para o aprendizado da língua francesa e eu espero que você tenha gostado do vídeo de hoje e da transcrição/tradução! Como sempre, não deixe de visitar o vídeo no Youtube e dar o seu “gostei”, pois assim você está ajudando o trabalho dos criadores desses vídeos incríveis!

Merci et à bientôt….

SHARE
Previous articleAprender Francês com Músicas #004
Apprendre le français avec des chansons:
Édith Piaf – Non, Je Ne Regrette Rien
Next articleAprender francês com músicas #005
Apprendre le français avec des chansons:
Grégoire – Rue Des Étoiles
Bonjour! Eu sou Brasileiro, e me mudei para Genebra em 2004 sendo o meu único idioma o português brasileiro. Depois de passar por dificuldades financeiras e até mesmo de saúde e, mesmo estudando de forma tradicional com gramática, verbos etc e não conseguir resultados, resolvi criar o meu próprio método de aprendizado. Assim tive resultados extraordinários e em 6 meses eu já estava falando fluentemente a língua francesa. Resolvi colocar em prática o meu método com outros idiomas e em alguns meses eu já falava também o Italiano, o Espanhol e o Inglês. Conclusão: FUNCIONA! Então me candidatei a ser professor voluntário na Universidade de Genebra UOG, para consolidar minha metodologia ensinando pessoas carentes e que necessitavam falar francês: Filipinos, Brasileiros, Bolivianos, Portugueses, Espanhóis, Japoneses,, Chineses, Indianos entre outros. Foi simplesmente indescritível toda cultura e riqueza em cada aula dada. Gratidão de ser o que sou: Professor de Francês para Adultos: A FALA EM PRIMEIRO LUGAR! À bientôt...