Home Dicas para Aprender Francês Dicas De Francês #025 – Quando não usar o TU no lugar...

Dicas De Francês #025 – Quando não usar o TU no lugar do VOUS em Francês

1543
4
SHARE

Dicas De Francês #025 – Quando não usar o TU no lugar do VOUS em Francês

Dicas De Francês #025 – Quando não usar o TU no lugar do VOUS em Francês

Bonjour ici c’est Luciano du Blog eufalofrances.com.br e hoje eu estou aqui para te falar sobre a diferença do você e o senhor, você e a senhora, o “tu” e o “vous” em francês. E eu vou falar isso para você agora. Vamos lá? OK, eu estou aqui em frente o Museum du Louvre, aqui na área, perto da pirâmide de cristal. E qual é a diferença final, então, para você falar o “tu” e o “vous”? A questão é simples, que você tem que fazer a separação de quem você conhece e quem você não conhece, de quem você respeita e quem você respeita, mas tem proximidade.

Então, ou seja, é como você falar “você” para uma pessoa próxima e como você falar “senhor” para uma pessoa que você respeita, ou para um presidente, ou para um professor. Então, ou seja, seria pronome de tratamento mesmo. Então, que é “tu”, ou “vous”. “Vous” tem dois sentidos. “Vous” pode ser “vocês”, ou pode ser “o senhor”. Então ele pode ser o plural, ou pode ser “o senhor”. Então, por exemplo, “tu vas a Paris?”, ou seja, “você vai a Paris?”. E vou perguntar ocm “vous”, “((francês)) a Paris?”, então quer dizer, agora eu já usei o “vous”.

E o “vous”, quando você usa o “vous”, sempre tem a concordância do verbo, “o senhor” e “você”. Já no português não tem isso, eu posso falar, “você vai a Paris?”, “o senhor vai a Paris?”, é a mesma estrutura. No francês já muda o verbo. O verbo, a terminação dele já é diferente, normalmente termina… geralmente a terminação do verbo, ela vai acompanhar o “vous”, que é diferente do “tu”.

Então, ou seja, “((francês)) a Paris?”, “((francês))”, “você está vendo isso? Você vê isso?”, “((francês))”, “você vê isso?”, “você viu isso?”, “((francês))”, “você viu isso?”. Então, ou seja, o “tu”, ele é diferente do “vous”. Separando o “vous”, você vai usar somente para a pessoa que você não conhece, você vai usar para respeito e também para o plural. Agora, o “tu” você usa entre amigos, você usa entre pessoas que você já conhece. Em francês você fala, “((francês))” e o “vous”, você fala “((francês))”. Então, “((francês))”.

Então, ou seja, quando você usa o “vous”, você está usando para uma pessoa que você não conhece ou pessoa que você… você simplesmente não conhece a pessoa, OK? E mesmo que você conheça, se for uma pessoa de alto… de alto gabarito, uma pessoa muito importante e tal, você vai usar o “vous”. Então, ou seja, na prática, procure sempre usar o “vous”. Eu conheci vários brasileiros que quando foram aprender, aprenderam conversando de qualquer jeito sem ter uma noção, sem ter um segmento de um método e eles, depois, se deram mal em algumas situações, passaram por situações desagradáveis, porque usaram o “tu”, para pessoas que eles não conheciam.

E normalmente as pessoas se sentem ofendidas. Na língua francofone, na língua francesa, quando eu chego para você, que eu não te conheço, e te trato como “tu”, como “você”, é uma ofensa. Então você tem que ter esse cuidado, para não cometer esse erro. Para você não cometer esse erro, você tem que usar o “vous”, que é um… então o “vous” você vai usar praticamente em todas as ocasiões quando você não conhece a pessoa. Seja numa loja, seja num restaurante, você tratar o garçom de senhor e ele também vai te tratar de senhor. Isso é totalmente normal, tá? Você não vai usar o “você” quando tem uma pessoa estranha no diálogo, junto com você.

É sempre “vous”. Então é isso, resumindo, “tu” é para pessoas amigas, para pessoas que você já conhece e o “vous” pode ser para plural, vocês, e é sempre para “senhor” ou “senhora”, que é a mesma coisa, para (politesse / (inint)), chama (politesse / (inint)), OK? Para deixar mais claro essa dica que eu estou dando para você, para não ficar muito longo, eu vou deixar aqui abaixo áudios de franceses, locutores, na voz masculina e na voz feminina, aqui abaixo para você fazer o download e treinar o seu ouvido, também a forma escrita como que é. E essa forma escrita vai ser melhor para você aprender, você educar o seu ouvido, os seus olhos e a sua boca também, OK?

Se você estiver assistindo esse vídeo pelo Youtube, eu te convido a assinar o meu canal e deixar um comentário. Se for pelo Facebook, a mesma coisa. Você curte a minha página e você também deixa um comentário abaixo. E se você não estiver no meu blog, aqui abaixo, para fazer o download desse material gratuitamente, aqui abaixo tem o link para você ir para o meu blog e colher bastante material dessa língua maravilhosa, que é o francês, dessa língua apaixonante, que… o glamour, com tanta riqueza, com tanta coisa boa no mundo inteiro. E você aprender de uma forma positiva, de uma forma extraordinária, um francês autêntico, um francês original e aprender a falar com fluência, está bom?

E eu te vejo no próximo vídeo. Ciao, ciao.

SHARE
Next articleAprender Francês com Vídeos #001
Apprendre le Français avec des Vidéos:
Easy French – à Paris!
Bonjour! Eu sou Brasileiro, e me mudei para Genebra em 2004 sendo o meu único idioma o português brasileiro. Depois de passar por dificuldades financeiras e até mesmo de saúde e, mesmo estudando de forma tradicional com gramática, verbos etc e não conseguir resultados, resolvi criar o meu próprio método de aprendizado. Assim tive resultados extraordinários e em 6 meses eu já estava falando fluentemente a língua francesa. Resolvi colocar em prática o meu método com outros idiomas e em alguns meses eu já falava também o Italiano, o Espanhol e o Inglês. Conclusão: FUNCIONA! Então me candidatei a ser professor voluntário na Universidade de Genebra UOG, para consolidar minha metodologia ensinando pessoas carentes e que necessitavam falar francês: Filipinos, Brasileiros, Bolivianos, Portugueses, Espanhóis, Japoneses,, Chineses, Indianos entre outros. Foi simplesmente indescritível toda cultura e riqueza em cada aula dada. Gratidão de ser o que sou: Professor de Francês para Adultos: A FALA EM PRIMEIRO LUGAR! À bientôt...